Aqui pode fazer o seu orçamento para visualizar o valor da entrega (escolha os artigos e endereço p/calculo automático )
(+351) 261 928 044
artiforno@gmail.com

Instalação e Instruções de uso

O QUE DEVO SABER ANTES DE ADQUIRIR O FORNO:

Pondere o acesso do local onde pretende fazer a instalação, tendo em conta que o forno é uma peça única; pesada e difícil de manobrar.

Aconselhe-se com a pessoa (pedreiro) que vai instalar o forno, de acordo com o local  de instalação, confirme a melhor solução da saída de exaustão de fumos de acordo com  o local 

Escolha o modelo que se adapta ao local, a medida que referimos do forno  (exemplo: 100x100cm) é a medida exterior da base , o interior do forno tem menos 25/30cm aproximadamente (artesanal)

O melhor forno é o COOK , apenas fuma pela porta,  não perde  calor e abre menos fissuras (porque não tem chaminé )

A porta e a chaminé, existe em dois tipos de material.

Ferro Zincado- Gama de material económico, que oxida ao longo do tempo

Aço Inoxidável – Material aconselhado, mais duradouro, não sofre de oxidação

AVISO Instalação do forno:

Instalar o forno em local seco, isolado e coberto evitando a exposição a condições meteorológicas adversas. O forno tem de manter-se seco, sem humidade para evitar choque térmico ( para não abrir fissuras ). 

Consulte a tabela de pesos dos fornos, para fazer a estrutura do forno que adquiriu

 Em torno do forno construa em tijolo ou blocos de cimento uma caixa e aplicar / cobrir com manta térmica,  argamassa de argila expandida e areia solta em volta e por cima de todo o forno.

O forno isolado tem mais durabilidade, fica resguardado das diversas temperaturas ,o que vai rentabilizar e prolongar a energia térmica produzida e diminuir o consumo de lenha

AVISO Antes da 1º utilizaçãoANTES da 1ª utilização do forno

É fundamental que depois da instalação fique a secar 5/6 semanas para a secagem e remoção da humidade residual resultante do processo de fabrico, isolamento e instalação.

Como fazer a (cura )secagem ? O processo de  (cura) secagem é realizado em 3 passos com intervalo de 24h :

1º – Fazer uma pequena fogueira (com sama, pinhas e troncos finos) no centro do forno, com a porta (e chaminé) aberto(s) totalmente.

2º – Colocar lenha aos poucos, para que o aquecimento seja gradual, até 100Cº no máximo. Deixar aproximadamente 2 horas, até ficar em cinzas.

3º - Repita o processo mais 3 vezes, após um intervalo mínimo de 24 horas. A partir do 3º aquecimento pode aumentar gradualmente a temperatura máxima até aos 250Cº

Respeite as temperaturas indicadas para que a dilatação do forno seja gradual. Desta forma evitam-se possíveis choques térmicos, que podem causar fissuras.

OS FORNOS SUPER têm manta térmica , é necessário o dobro do tempo para fazer a secagem ( cura ). 

Aquecimento:

Coloque a lenha no centro do forno para melhor funcionamento do mesmo. Deixe a porta (e chaminé) aberto(s) totalmente.

Deixe a fogueira arder lentamente, colocando aos poucos a lenha, quando a lenha "ficar em brasas" deve distribui-la pelo interior de todo o forno.

Deixe arder até a abóboda do forno ficar com o tijolo completamente branco.

Retire a restante lenha. Feche a porta (e a chaminé) para não perder calor.

Utilize o termómetro para controlar a temperatura.

Não passar dos 300oC quando está arder e 200Cº é a temperatura máxima utilizada para os cozinhados (temperaturas recomendadas para fornos superiores a 100x100cm.

Para medidas inferiores, as temperaturas são menores que as indicadas.)

Recomendação:

Para acender o forno é aconselhado usar pinhas, vides, cascas de eucalipto e depois ir acrescentando ramos de árvores.

Evite utilizar lenhas verdes e muito grossas.

Aviso e precauções:

Nunca utilize água para baixar a temperatura do forno ou extinguir o fogo, pois poderá causar danos no forno.

Não colocar lenha em excesso, para que não ocorra um aquecimento repentino e elevado do forno causando danos graves.

Não use combustíveis para atear o fogo pois poderá contaminar os seus alimentos.

Feedback